A decoração figurativa desta peça é muito próxima dos modelos originais chineses, permitindo datá-la entre as primeiras produções de faiança portuguesa orientalizante. Pertenceu à col. Teixeira de Carvalho