Trata-se de um assento de tipo litúrgico, reservado aos bispos e a alguns prelados, caracterizado por possuir braços sem encosto. Proveniente da capela do paço episcopal, este faldistório pertenceu portanto aos bispos de Coimbra. Tem a parte superior das prumadas terminando em maçanetas, as pernas curvas, pés em garra e bola, e apresenta decoração entalhada de cariz vegetalista. O assento, atualmente de seda vermelha, era na época vestido de cor igual à dos restantes paramentos.