Medieval Knight | Virgin and Child

A escultura de vulto é muito rara no Românico português,constituindo as placas em relevo e os capitéis a maior parte da produção coimbrã. O alto-relevo representando o Cordeiro Pascal, de clara influência moçárabe, é uma das obras-primas desta escola,nos finais do séc. xii. ¶ A partir de meados do século seguinte, as frequentes encomendas de sarcófagos ornados de figuras jacentes dos defuntos e o convívio com artistas estrangeiros foram determinantes para a plena adesão dos escultores de Coimbra ao formulário gótico.

A arca destinada a acolher uma relíquia dos Mártires de Marrocos, figurando os cinco franciscanos perante o sultão, estabelece, na transição do séc. xiii ao séc. xiv, o elo de ligação entre o relevo e a imagináriaque lhe sucedeu. ¶ Mestre Pero,o escultor a quem a Rainha Santa Isabel encomendouo seu túmulo, fixou-se em Coimbra por volta de 1330, exercendo uma influência decisiva quer doponto de vista estético, quer do ponto de vista iconográfico. As suas imagens de Maria, de anjos e santos animam-se e humanizam-se, convidando ao diálogo com os fiéis.

St. Michael

O famoso “Cavaleiro Medieval” é uma singular criação recentemente atribuída a este mestre que tão bem soube compreender as qualidades únicas do branco e macio calcário de Ançã. ¶ Na mesma época, a escultura em madeira produziu obras notáveis, especialmente Cristos crucificados, entre os quais avulta aquele que pertenceu ao Oratório de S. João das Donas e alguns especialistas consideram ser uma das criações mais impressionantes da arte medieval europeia. ¶ Após um declínio sensível da atividade das oficinas de Coimbra, pelos finais do séc. XIV, João Afonso inaugurou um novo período de intensa produção de escultura em calcário, muitas vezes datada e acompanhada de inscrições. O seu mestre Gil Eanes cultivou um estilo requintado, palaciano e cosmopolita que torna as suas representações do Arcanjo S. Miguel inconfundíveis, enquanto dois escultores de nome Diogo Pires iriam introduzir uma tendência mais naturalista, em voga no resto da Europa.

Heraldic Angel

¶ No período manuelino, de transição do Gótico final para o Renascimento, Diogo Pires-o-Moço desempenhou um papel importante, afirmando a sua individualidade ao assinaras obras que produzia.