Utilizando uma liga de bronze, este nó de cruz quadrangular com terminações em forma de pirâmide truncada, é sobrepujado por encaixe da cruz em forma de “V”; a haste cilíndrica é em trabalho liso. A riqueza decorativa desta peça, de sabor mudejar, reside nas faces do nó, preenchidas por reticulado com romãs puncionadas e fenestrações rectangulares rematadas por arcos em ferradura. Superiormente, o nó é delimitado por friso recortado com motivos flordelizados.