São Silvestre foi trigésimo terceiro papa da Igreja Católica, ocupou o trono na primeira metade do século IV, durante o reinado do Imperador Constantino. Iniciou o seu pontificado pouco depois da entrada em vigor do Édito de Milão, através do qual o Império Romano estabeleceu a sua neutralidade em relação aos credos religiosos, acabando assim com a perseguição aos cristãos. Durante o pontificado de Silvestre I foram edificados alguns dos mais emblemáticos monumentos da cristandade, como o caso da Igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém, e a atual catedral episcopal de Roma (S. João de Latrão). Apresentamos um pormenor do Retábulo de São Silvestre (MNMC 11222), de 1544, uma obra da renascença coimbrã da autoria de João de Ruão, que integra a exposição permanente deste Museu.