“Tríptico da Aparição de Cristo à Virgem”, pintura de Garcia Fernandes, datada de 1531, é a peça escolhida pelo Professor Doutor José Augusto Bernardes para a próxima sessão da “Meia hora no Museu”, no domingo, dia 12, pelas 18 horas, durante a qual nos apresentará o tema “A Virgem como modelo ou a catequese do pormenor”.

Esta iniciativa da Liga de Amigos do Museu Nacional de Machado de Castro (bimestral e ‘on line’, que em breve voltará a ser presencial) procura revisitar, sob um outro olhar, este e aquele bem que integra as coleções que tanto nos orgulham, e passa por convidar personalidades destacadas para, a partir de uma obra do acervo do MNMC, e dentro da sua área de estudo ou atuação, apresentarem uma breve comunicação seguida de espaço de diálogo.

José Augusto Cardoso Bernardes é Professor Catedrático na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, onde tem sobretudo regido cadeiras no âmbito da Literatura Portuguesa do século XVI e na Didáctica da Literatura; foi Diretor da Biblioteca Geral da UC; Presidente do Conselho Científico da sua Faculdade e membro eleito do Conselho Geral; e é membro do Conselho Nacional de Educação.

Professor Visitante nas Universidades Blaise Pascal (Clermont-Ferrand), Oxford, Valencia e Santa Barbara (Califórnia), co-dirigiu Biblos, Enciclopédia Verbo das Literaturas de Língua Portuguesa; é membro do Atomium Culture, organismo do Conselho da Europa para a Cultura; foi Coordenador do Centro Interuniversitário de Estudos Camonianos e do Centro de Literatura Portuguesa, e tem vasta obra publicada no seu campo de investigação.

Esta ação da AMIC – que, inquestionavelmente, pelo seu acrescido interesse, concitará a mais ampla participação – pode ser seguida em

Aceder ao zoom

(ID da reunião: 897 5427 6645/ senha de acesso: 081220)