A exposição 'Josefa d'Óbidos - Luz e Sombra' inaugurada, no MNMC, a 12 de julho de 2019, no âmbito da rubrica 'Tesouros Partilhados' e do 11º Festival das Artes (Coimbra), mostrou a obra desta figura ímpar da arte portuguesa, Josefa d’Ayala ou d'Óbidos. Fascinante pela sua condição de género, mas também pela individualidade do seu percurso artístico, a pintora foi uma mulher emancipada e culta, cuja fé reflete a espiritualidade do século XVII, expoente do Barroco português no ciclo que se seguiu à Restauração da Independência.

21 e 28 julho | Visitas orientadas por Pedro Ferrão no âmbito do 11º Festival das Artes | Luz e Sombra
22 agosto | Visita orientada por Virgínia Gomes
29 setembro | Conferência/Visita por Joaquim de Oliveira Caetano (Diretor do MNAA)
25 outubro | Visita de encerramento da exposição por Virgínia Gomes