A exposição de fotografia a preto e branco de Georges Dussaud mostra o Douro das paisagens vertiginosas e os rostos de quem as trabalha e de quem deixou a sua marca nas palavras ou no vinho, como é o caso de Miguel Torga ou José António Rosas. A acompanhar a exposição é exibido o filme documentário 'O Ciclo da Vinha', realizado por Vítor Bilhete com edição do Museu do Douro.

A exposição estará patente até 10 de novembro de 2019, de terça-feira a domingo, das 10h00 às 17h30 (encerrada de 22 a 26 de outubro).