Claude Laprade (c.1675-1738) é considerado o principal escultor estrangeiro que trabalhou em Coimbra, após o período da Renascença, ajudando a introduzir a escultura barroca em Portugal.

No âmbito da Reforma da Universidade de Coimbra, Laprade colaborou no programa arquitetónico e escultórico (1700-1702), realizando o ostentoso frontão armoriado da Via Latina e as seis estátuas alegóricas das faculdades pertencentes a este museu.

Esta exposição insere-se no âmbito do Ano Europeu do Património Cultural e está patente, no MNMC (sala de exposições temporárias, piso 0), até 30 de setembro 2018, de terça-feira a domingo, entre as 10h00 e as 17h30, com entrada gratuita,

Convidamo-lo(a) a visitar!