A cidade possuía abundantes nascentes a Leste, nas proximidades da actual zona de Celas – Rua Pedro Monteiro. Provavelmente, quando da fundação da cidade, estas águas eram conduzidas para o centro urbano através de um aqueduto. O que dele resta, conserva-se parcialmente na reconstrução do séc. XVI, devida ao rei D. Sebastião, conforme se deduz de uma inscrição que ostenta e se reconhece pela observação dos silhares.

Aqueduto de S.Sebastião Aqueduto de S.Sebastião