Hoje, #emRevista, a rúbrica das segundas-feiras nesta quarentena, recuperamos um dos momentos mais marcantes na história do MNMC: a reabertura integral ao público deste espaço museológico, em 2012, que encerrou um ciclo de requalificação e ampliação, constituindo não só a maior transformação a que o Museu foi submetido ao longo da sua história com um século de existência (fundado em 1911 e inaugurado em 1913), mas também uma das mais importantes intervenções operadas em museus portugueses.

'Um Museu Centenário num Edifício Milenar', onde pode visitar diversas coleções em exposição permanente, cujo horizonte temporal se situa entre o século I e o século XX, classificado Património Mundial do Bem – Universidade de Coimbra, Alta e Sofia -, pela UNESCO, em 2019.

Boa visita!

Para ver o vídeo clique aqui: